Usuários online

2 visitantes online (1 na seção: Artigos)

Usuários: 0
Visitantes: 2

mais...
Você está aqui » Home Page » Artigos » A Filosofia do Feng Shui - Feng Shui - Artigos

 

SmartSection is developed by The SmartFactory (http://www.smartfactory.ca), a division of INBOX Solutions (http://inboxinternational.com)
Feng Shui > A Filosofia do Feng Shui
A Filosofia do Feng Shui
Qual é a filosofia do Feng Shui?

Hoje em dia, com todas as nossas tribulações diárias, possuir uma filosofia de vida é fator indispensável para a manutenção de nossa qualidade de vida. Nesta busca, muitas pessoas fazem exercícios, passeiam ou buscam práticas orientais como Yoga, Tai Chi Chuan, Meditação.

Entre estas pessoas, existem aquelas que procuram esta filosofia de vida na arte do Feng Shui. É comum encontrarmos afirmações sobre o modo de viver em conformidade com as regras da harmonização de ambientes. Mas até onde isto pode ser verdade?

O Que é Feng Shui
Antes de mais nada precisamos compreender o que é o Feng Shui. Baseado em tradições e estudos chineses milenares, esta arte/ciência busca reequilibrar energeticamente um imóvel, de modo a que ele seja bastante benéfico para seus ocupantes. Para fazer isto, o Feng Shui utiliza uma gama variada de técnicas e estudos alicerçados na milenar filosofia taoísta.

Os fundamentos taoístas são os verdadeiros fundamentos do Feng Shui, como seja, Yin/Yang, 5 Elementos, Ba-Guá, Fluxo de Chi. A arte chinesa de harmonização de ambientes não existe sem isto. Com estas ferramentas foram criadas várias escolas na China, onde cada uma enfatiza um determinado aspecto do imóvel, mas sempre atendendo aos fatores espaço e tempo, os grandes alicerces do Feng Shui. Toda escola verdadeira de Feng Shui adota estes critérios para estudar um determinado local. E os resultados são espetaculares. Então, por que não utilizar estes mesmos princípios em nossa vida diária?

Vivenciando a Filosofia
Muitas pessoas passaram a procurar este tipo de coisa: viver segundo as regras do Feng Shui. Mas o que estas pessoas realmente buscavam não era a harmonização de ambientes, mas a harmonização de suas vidas pessoais. Isto é possível, mas não com o Feng Shui.

Feng Shui é apenas uma ferramenta, algo que utilizamos para um determinado fim (neste caso, a análise e reequilíbrio de um local). Não podemos utilizar esta ferramenta, por mais útil que seja, em qualquer tipo de coisa. Caso contrário tornaríamos real aquela expressão de "para quem só tem um martelo, tudo tem cara de prego". Cada coisa deve ser utilizada em seu momento apropriado para obter os melhores resultados.

No caso de vivermos segundo uma filosofia de vida, a escolha seria a filosofia taoísta propriamente dita, pois é dela que vem todos os ensinamentos do Feng Shui. Quando se deseja viver segundo os princípios do Feng Shui, automaticamente adotamos o Taoísmo como filosofia de vida. Assim sendo, o estudo desta forma de pensamento milenar pode ser de grande valia para as pessoas em geral e em especial por aquelas que apreciam o Feng Shui, a Acupuntura, o Tai Chi Chuan, o I Ching.

Vivenciando o Taoísmo, as pessoas podem se aproximar ainda mais dos ideais de equilíbrio e harmoniza que o Feng Shui procura incorporar em nossas casas. Não se pode separar a harmonização de ambientes da harmonização de seus ocupantes. O Taoísmo é excepcional para atender a esta necessidade. Se você se interessa por esta filosofia, visite sempre este site, que está em constante atualização.

_____ SOBRE O AUTOR _____
Gilberto Antônio Silva é Parapsicólogo, Acupuntor, Terapeuta e Escritor, estudando cultura e filosofia oriental desde 1977. Como Taoísta, se preocupa em divulgar a filosofia e as artes taoístas, como I Ching, Feng Shui e Chi Kung, para melhoria da qualidade de vida das pessoas.
  Veja em artigo em formato PDF Imprimir artigo Enviar artigo

Navegue pelos artigos
Artigo prévio Por Que Meu Feng Shui Não Funciona? Banheiros: Vítima ou Vilão? Próximo artigo