Usuários online

4 visitantes online (3 na seção: Artigos)

Usuários: 0
Visitantes: 4

mais...
Você está aqui » Home Page » Artigos » Por Que Meu Feng Shui Não Funciona? - Feng Shui - Artigos

 

SmartSection is developed by The SmartFactory (http://www.smartfactory.ca), a division of INBOX Solutions (http://inboxinternational.com)
Feng Shui > Por Que Meu Feng Shui Não Funciona?
Por Que Meu Feng Shui Não Funciona?
Se o Feng Shui que aplicou em sua casa parece não funcionar, não desanime. Compreenda o que pode estar acontecendo.

Muitas vezes vemos pessoas que aplicaram o Feng Shui em suas casas ou comércio e não tiveram o resultado esperado. Desanimadas e frustradas, reclamam que essa técnica não funciona e que deve ser só superstição, mesmo. Se tinha algum consultor envolvido, a idéia de ter sido enganado é altamente provável.

Felizmente nunca tive um problema desses, porque sou muito claro com relação ao Feng Shui: essa técnica pode ajudar muito as pessoas, mas não faz milagres. Vamos entender como a ciência chinesa do Feng Shui funciona.

Destrinchando o Peru
Feng Shui é uma técnica que nos permite harmonizar o ambiente, seja imóvel residencial ou comercial. Com isso quero dizer que possíveis desequilíbrios energéticos do imóvel serão corrigidos, dando espaço para a livre manifestação das pessoas que o utilizam. O Feng Shui por si só não faz as coisas acontecerem, como uma empresa quase falida dar a volta por cima, aumentar o faturamento do comércio, arranjar namorado novo, impedir uma separação conjugal, etc… Ele se limita a restabelecer uma harmonia interna. Assim como a Acupuntura, que não cura ninguém mas apenas restabelece o equilíbrio energético do corpo e permite a esse reagir e se curar.

Mesmo numa casa harmonizada e bem equilibrada energeticamente pode ser que alguma pessoa tenha problemas pessoais a resolver, alguma pendência kármica, ou alguma lição de vida a ser aprendida. Neste caso, um imóvel bem equilibrado vai facilitar a essa pessoa a vivência que ela necessita, mas não vai impedir que isso ocorra. Por exemplo, se alguém tem que passar por sufocos financeiros para aprender a valorizar os bens materiais, isso vai ocorrer com ou sem Feng Shui. Um trabalho de Feng Shui não vai transformar um pobre num milionário, se o desígnio desta pessoa for ser pobre para aprender uma lição de humildade da vida. Mas na hipótese de ter sido feito um reequilíbrio, essas duras lições podem se dar de maneira mais amena, mais natural, ajudando a pessoa a enxergar melhor a situação.

Para os chineses, existem três níveis na Natureza: o Céu, o Homem e a Terra. O Feng Shui atua sobre o terceiro, Terra. As leituras e correções energéticas harmonizam o terceiro fator, os desígnios da Terra. Mas faltam os desígnios do Céu e os desígnios do Homem. Isso pode ser explicado por destino, karma, missão de vida, lição de vida ou outra denominação válida, dependendo de sua crença. Vendo as coisas dessa forma, percebemos que o Feng Shui pode resolver um terço da situação, deixando o restante para outras competências.

E Agora?
Você deve estar perguntando com seus botões: "Esse cara está arrumando desculpas para o caso de sua consultoria falhar". Longe disso. Eu nunca prometo uma grande mudança, mas sempre digo que ela pode ocorrer. Quem sou eu para saber os desígnios de cada um? Apenas faço a minha parte. O importante aqui é ser sincero e esclarecer corretamente o cliente do que pode ou não acontecer. Já vi consultores prometendo namorados para adolescentes ou grandes viradas em empresas com dificuldades. Acho isso bastante temerário e que pode manchar a função real desta nobre arte: reequilibrar energeticamente um dado local.

Acrescento ainda que o Feng Shui possui limitações, pois foi criado para se construir um imóvel, de modo que a aplicação desta técnica num imóvel já pronto deve redundar em uma melhora de 30 a 40%, no máximo. Vocês ficariam surpresos com a capacidade ocidental de se construir uma casa burlando todas as leis naturais do Feng Shui! Muitas delas teriam que ser demolidas para se fazer um trabalho bem feito. Claro que isso não é possível, então harmonizamos o local o melhor possível, o que sem dúvida é percebido algumas semanas depois.

A lição que nos apresenta é de que o Feng Shui, quando corretamente aplicado e independente da escola utilizada, funciona, sim. Pode ter certeza. O que pode ocorrer é que neste momento você ou alguém que freqüenta esse espaço pode estar tendo algum revéz causado por desígnios diversos. Mas a harmonização do espaço está funcionando. Muitas vezes a situação que seria mais grave pode ser abrandada por este trabalho.

Não se esqueça que o Feng Shui não substitui uma boa educação financeira, nem uma boa administração de empresas, nem um casamento harmônico, nem filhos bem educados. Ele só auxilia bastante.

Vamos em Frente
Não desanime nem perca a confiança no Feng Shui. Ele funciona, sim, mas nem sempre se nota em grande estilo. Um Feng Shui bem feito geralmente traz pequenas mudanças quase imperceptíveis isoladamente, mas que se somadas tem um grande peso. É comum uma sensação de alívio ou bem-estar ocorrer poucos dias depois da aplicação. Mesmo no caso comercial, o proprietário pode continuar com dificuldades mas as soluções podem começar a se apresentar de maneira mais clara. É uma forma de atuação bem comum: as respostas certas começarem a aparecer.

Este é o grande auxílio do Feng Shui: harmonizar melhor um local de modo a permitir às pessoas que vivam melhor e resolvam melhor seus problemas.

A importância dessa harmonia está na vida pessoal de cada um. Cada pessoa é afetada de uma forma. A garota que deseja um namorado pode começar a gostar mais de si mesma, que é o primeiro passo para outra pessoa gostar dela. Um comerciante pode ver uma grande oportunidade de negócio bem diante dele. Um professor pode perceber os alunos mais tranqüilos e concentrados. Um casal pode sentir mais união e harmonia. Um trabalhador pode ter o sono mais profundo e tranqüilo.

E você? O que o Feng Shui trouxe à sua vida?



_____ SOBRE O AUTOR _____
Gilberto Antônio Silva é Parapsicólogo, Acupuntor, Terapeuta e Escritor, estudando cultura e filosofia oriental desde 1977. Como Taoísta, se preocupa em divulgar a filosofia e as artes taoístas, como I Ching, Feng Shui e Chi Kung, para melhoria da qualidade de vida das pessoas.
  Veja em artigo em formato PDF Imprimir artigo Enviar artigo

Navegue pelos artigos
Artigo prévio Ser ou Não Ser um Consultor de Feng Shui? A Filosofia do Feng Shui Próximo artigo